April 3

Sram NX vs GX : Comparativo das linhas Eagle de entrada

Vale apontar que a versão Eagle do NX não oferece o infame passador Grip Shift – sistema de mudança de marchas com um dispositivo de torção no guidão, que desde sempre dividiu opiniões.

Deste modo, os ítens analisados foram:

  1. Câmbio Traseiro
  2. Passador
  3. Pedivela e central
  4. Cassete
  5. Corrente

Sem mais delongas, vamos lá:

1- Câmbio traseiro

A norte-americana Sram possui várias tecnologias patenteadas em suas peças (a exemplo da Shimano com Shadow, Rapid Fire, etc…). Algumas das tecnologias de câmbio traseiro são:

  • Cage Lock – para travar o câmbio em situação de manutenção;
  • Roller Bearing Clutch – que deixa o câmbio e a corrente mais estáveis em terrenos acidentados;
  • X -Actuation, X-Horizon X-Sync – tecnologias para as linhas de 1 coroa para maior estabilidade da corrente, manutenção da performance em situação com muita lama, entre outros.

E ambos os câmbios possuem todas essas 5 tecnologias.

O câmbio traseiro NX Eagle  tem os rolamentos internos em aço inoxidável, aceita o sistema Eagle de 12 marchas, comporta cassete com cog de 50 dentes e peso total de 339g.

O câmbio traseiro GX Eagle tem os rolamentos selados, também aceita sistema de 12 marchas cassete com cog de 50 dentes mas tem peso inferior: 290g.

Conclusão: Tanto GX Eagle quanto NX Eagle possuem tecnologias encontrada nos kits top de linha da Sram e vem com um custo X benefício interessante. Diferenças notáveis apenas em peso e materiais usados na composição da peça.

2- Passador / mudador / alavanca de câmbio

É sempre bom reforçar que esse item vai ser chamado de forma diferente dependendo da região que você vive. Aqui onde eu moro isso se chama passador. Apenas para facilitar a escrita vou chamá-lo assim.

O GX Eagle possui o sistema Grip Shift – de torção – mas como a linha NX Eagle vem apenas com os sistemas triggers eu só compararei esse tipo.

Ambos os passadores possuem exatamente as mesmas tenologias: X-Actuation, Zero Loss e MatchMaker. A diferença fica basicamente restrito aos componentes utilizados e ao peso.

O NX Eagle utiliza elementos de plástico e pesa 112g

O GX Eagle é todo em alumínio forjado e pesa 122g.

Conclusão: Normalmente os grupos vão ficando mais leves quanto mais elevados estiverem na escala de uma marca. Esse não é o caso aqui. O fato do passador GX Eagle pesar 10g a mais evidencia duas coisas para mim: as tecnologias são de fato iguais e os componentes do GX Eagle são mesmo mais resistentes.

Talvez o NX Eagle acabe tendo um custo benefício mais vantajoso por conta disso.

3 – Pedivela e movimento central

Importante: a linha GX Eagle  possui uma variação superior de pedivela, o GX Eagle DUB. Eu não considerarei essa versão, apenas a convencional.

A primeira diferença evidente entre as linhas é a oferta de configurações do comprimento do braço do pedivela e da coroa. Ambas oferecem comprimento de  165, 170 e 175 milímetros. No entanto, a linha GX Eagle oferece coroas de 30, 32 ou 34 dentes, enquanto a NX Eagle possui apenas a de 32.

Com tecnologias similares, a difirença principal fica por conta do material e do peso.

O pedivela NX Eagle tem braço no chamado alumínio 6000, tem coroa em aço e pesa 705g no comprimento 175mm e coroa 32 dentes.

O pedivela GX Eagle tem braço no alumínio forjado denominado Optimized 7000, coroa em alumínio e pesa 650g no comprimento 175mm e coroa 32 dentes.

Conclusão: Estamos para ver qual será o preço praticado no Brasil, mas de cara iria de NX Eagle. Nunca tive problemas nem com pedivela Altus e por 55g de diferença o custo x benefício provavelmente favorecerá o NX Eagle.

4 – Cassete

Chegamos ao charme dos grupos Eagle: O cassete com cog maior de 50 dentes. Muita gente correu atrás da Suntour para colocar cassetes mais baratos que tivessem essa configuração. Com o novo NX Eagle a promessa é que dê para montar uma bike toda Sram e ainda sim levar um cog gigantesco no cassete.

Mas, comparando os grupos, o otimismo para por aí. É notável as diferenças dos dois grupos no quesito cassete.

O NX Eagle oferece uma configuração de 12 coroas, 11-50 e peso de 615g.

O GX Eagle também possui 12 coroas, mas configuração 10-50 e peso de 450g.

Conclusão: Precisaremos ver a diferença de preço dos dois kits. Mas não só o GX Eagle é 27% mais leve, com 165g a menos, como também oferece a coroa menor de 10 dentes. Pode parecer bobeira, mas num sistema com uma coroa única de 32 dentes na frente isso faz muita diferença.

5- Corrente

As duas corrente são extremamente parecidas.

Assim como normalmente encontrado nas correntes da Sram, ambas possuem Powerlock (um conector de correntes que facilita manutenção e reparo) tecnologia X-Sync 2 e Ambas têm a chamada tecnologia Flow Link.

O Peso também é igual. A NX Eagle vem com 126 links e 278g, enquanto a GX Eagle vem com 114 links e pesa 258g. Mesma proporção de peso/link. Se estiver curtindo esse post, curta a página do Aventrilha no Face:

Conclusão: não sei dizer o que pode vir a justificar uma possível diferença de peso. Ambas são extremamente parecidas. Iria de NX.

PS: Altair Carlos, leitor do Aventrilha, me enviou até uma foto de uma caixa da corrente GX Eagle. Lá realmente fala que possui 126 links. Se tiver 126 links e 258g, então acaba evidentemente sendo mais leve que o NX Eagle.

Veredito final

Se eu tivesse que escolher um kit baseado em custo x benefício e hipoteticamente só pudesse comprar um completo, sem mesclar peças, daria quase um empate técnico. Há muitos pontos que enxergo melhor custo x benefício no NX, mas outros que o GX ganha com sobra.

Levando em consideração que preço não é nenhum problema, eu declararia vitorioso o kit completo GX Eagle

Os principais pontos a favor do GX Eagle para mim são o câmbio traseiro e o Cassete, que não só é bem mais leve como também possui a coroa menor de 10 dentes. Eu pedalo atualmente com sistema 1×11 e sei como um dente a menos na coroa menor do cassete pode fazer diferença.

Agora, se eu pudesse mesclar as peças dos conjuntos, faria o seguinte:

  • Pedivela NX
  • Corrente NX
  • Passador NX
  • Cassete GX
  • Câmbio GX

Não estamos falando aqui de colocar um cassete Suntour dentro das opções pois perderia o sentido do post.

Se você estiver interessado em outros comparativos de grupos que fiz aqui no Aventrilha, recomendo também:


Tags


You may also like

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}

Direct Your Visitors to a Clear Action at the Bottom of the Page