April 3

Bicicletas para ciclistas com mais de 100kg: o posicionamento oficial das marcas

Bicicletas para ciclistas com mais de de 100kg.

Dentre as diversas dúvidas que recebo através do blog, uma das mais recorrentes é a respeito de bicicletas para ciclistas com mais de 100kg.

Fui atrás das marcas para receber um posicionamento oficial sobre essa questão. As marcas abordadas e seus respectivos status se encontram abaixo:

  1. Enviaram posicionamento oficial: (1) Specialized BR, (2) Decathlon e (3) Scott BR
  2. Responderam porém ainda não passaram posicionamento ofical: (4) Caloi, (5) Sense, (6) Audax
  3. Abordadas porém ainda não responderam o meu contato: (7) Trek BR, (8) Cannondale BR, (9)Giant BR, (10)GTSM1, (11) Oggi, (12) Groove, (13) Soul.
  4. Renomado framebuilder Pedro Sant’Ana enviou sua colaboração.

Vamos então às respostas de cada marca:

1 – Specialized BR

Resposta enviada através de assessoria de imprensa:

“As bicicletas de fibra de carbono da Specialized suportam 109kg, estendendo para toda parte de componentes de carbono, como selins, guidões e rodas. Vale enfatizar que trata-se da capacidade máxima de peso do ciclista mais seus equipamentos.

Para nossas bicicletas com quadros em alumínio elas suportam 125kg do ciclista e equipamentos.

Outro ponto importante é que temos bicicletas que suportam ciclistas mais pesados, como o modelo Roll que é uma bicicleta para passeio e conforto, que suporta até 138kg do ciclista e equipamento.

Já o modelo Roll Elite, que tem reforços no quadro e componentes, ela suporta até 156kg do ciclistas e equipamentos.

Vale destacar que todas as bicicletas têm garantia vitalícia para o quadro aos primeiros donos, a empresa oferece o programa Rider Care (com serviços como o Crash Replacement em casos acidentes) e a assistência total através da nossa rede de parceiros Specialized no Brasil,” comenta Uirá França, Instrutor SBCU (Specialized Bicycle and Components University) Brasil.

2 – Decathlon

Resposta enviada através de assessoria de imprensa:

“A Decathlon Brasil possui em seu portfólio modelos de bicicletas indicados para pessoas de até 110 kg. De qualquer forma, como uma marca que visa a levar o esporte para o maior número de pessoas, de maneira sustentável, continuaremos nos comprometendo a atender cada vez mais às necessidades de nossos consumidores”.

3- Scott BR

Resposta enviada através do perfil oficial da empresa no Facebook:

“Para as bicicletas da SCOTT o peso máximo geral permitido varia entre os tipos de utilização, sendo de 128kg para MTB e 120kg para os modelos de estrada. Segue em anexo uma tabela de peso máximo permitido. O peso máximo geral permitido é o peso total combinado do ciclista, bicicleta, bagagem e quaisquer acessórios montados na bike. Este peso máximo informado é o peso para o qual a bike e todos os seus componentes foram testados e aprovados dentro dos padrões de qualidade de fabricação aos quais o modelo está inserido.”

4- Marcas contatadas que ainda não responderam oficialmente

Até o momento da divulgação desse post (25/06/2020), Trek BR, Giant BR, Cannondale BR, Caloi, Audax, Sense, Soul, Oggi e GTSM1 não haviam se pronunciado oficialmente a respeito da questão Bicicleta para ciclistas com mais de 100kg.

Vale notar as informações divulgadas no portal de algumas das marcas, por exemplo:

Trek BR:

As mountain bikes possuem normalmente limite de peso combinado (ciclista + bicicleta + acessórios) de 136kg (exemplo)

Caloi: 

Algumas bicicletas possuem no descritivo a seguinte informação: “100 KG *Para usuários acima de 100 kg recomenda-se reforçar alguns componentes da bicicleta como aros e procurar um Serviço Autorizado Caloi para melhor orientação. Isso evitará danos indesejáveis.” (exemplo)

Sense:

Consta no manual oficial bara bikes de alumínio a seguinte informação: “As bicicletas foram concebidas para resistir ao peso de uma pessoa de 100 kg e uma bagagem de 10 kg.” (fonte)

Oggi:

Consta no manual do proprietário a seguinte informação: “A Garantia acima, é válida para usuários com peso até 110Kg, acima disso sugerimos que procure uma loja especializada que fará a orientação necessária de quais itens devem receber adaptações, evitando assim danos indesejáveis. ” (fonte)

Soul:

Consta na página de Garantia do site um parágrafo que cita peso, porém não o especifica: “3)Utilização de produtos em competições oficiais ou não, uso abusivo resultante de acidentes, transporte de mais de uma pessoa ou exceder limite de peso suportado pela bicicleta (há necessidade de estipular o peso?) após laudo técnico;” (fonte)

Cannondale BR:

O limite de peso varia a depender do modelo da bicicleta. As informações específicas para cada modelo estão disponíveis no manual do usuário, entre as páginas 52-60 – clique aqui para acessar o manual.

Audax, GTSM1, Giant BR

Não respondaram oficialmente e não encontrei informações a respeito de limite de peso dessas marcas em seus sites oficiais.

5- Opinião do framebuilder Pedro Sant’Ana

O especialista e renomado Framebuilder Pedro Sant’Ana (apear de que, a julgar pelo seu grande caráter e enorme modéstia, ele provavelmente não se autodenominaria renomado) enviou a pedido do blog a seguinte consideração:

As opções de bicicleta existentes no mercado internacional são testadas de acordo com a norma ISO4210 que parte do principio em todos estes ensaios da presença de um ciclista com 80kg e do seu impacto na bicicleta.

Ensaios estáticos e dinâmicos ao quadro e garfo bem como a vários componentes garantem a integridade estrutural em ensaios de cerca de 100 000 ciclos que equivalem sensivelmente a 8 anos de uso.

Estes quadros colocam então como piso um valor referencial de 80kg mas com margens de segurança que permitem uso por pessoas mais pesadas. No entanto, uma bicicleta pensada para garantir uma ciclística perfeita para um cicilista de 80kg irá ser sempre mais “mole”, ie, mais sujeita a torção e flexão quando utilizada por um ciclista com 120kg.

É uma sensação semelhante a quem como nós faz Cicloturismo e usa uma bicicleta para uso esportivo carregada com 20 a 40kg de alforges e que de repente nos parece frágil. Neste sentido, a escolha de uma bicicleta já reforçada para viagem com carga ajuda a ter um quadro mais adaptado a ciclista XL mas com a atenção que haverá diferenças na geometria da mesma, principalmente no tamanho das escoras traseiras e no trail do garfo para compensar o peso extra na frente.

Na ausência de oferta especifica para ciclistas XL, um framebuilder pode partir da geometria de uma bicicleta que seja interessante e aumentar ligeiramente o diâmetro ou a espessura dos tubos para fazer essa compensação. É apenas necessário aumentar ligeiramente um destes fatores pois como exemplo, um tubo com 2x o diâmetro é cerca de 6x mais resistente à torção e flexão.

Normalmente, apenas a alteração do Downtube é suficiente. Os nossos quadros de Adventure Bike foram pensados dentro destas características. Ou fazíamos a opção de ter uma bicicleta com resposta qualificada para uso cotidiano sem carga que ficaria ”mole” quando carregada para aventura ou aumentávamos o Downtube para ficar “dura” em uso diário e equilibrada quando carregada.

Optamos pela segunda aumentando ligeiramente o diâmetro do Downtube. Neste sentido, podemos dizer que nossos quadros funcionam bem para ciclistas mais pesados.

Site do Pedro: www.sant-ana.cc

6- Conclusão

O blog permace aberto a inclusão dos posicionamentos oficiais das empresas contatadas que não enviaram uma resposta.

Aos ciclistas, sempre estejam atentos especialmente às condições de garantia de cada marca.

Em caso de dúvidas, deixe nos comentários abaixo. Buscarei responder a todos na medida do possível.


Tags


You may also like

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}

Direct Your Visitors to a Clear Action at the Bottom of the Page